Saiba como Escolher Lâmpadas LED

17/10/2016

 

Lâmpadas LED? LED Significa “Light Emitting Diode”

 

As LEDS trabalham com diodos, também conhecidos como “pontinhos de luz” e estão cada vez mais comuns no nosso dia a dia. Além de economizarem bem mais energia do que as incandescentes e fluorescentes, têm uma ótima durabilidade, e ainda garantem iluminação de qualidade.  

 

As lâmpadas LED da ANG não oferecem menos. Possuímos uma linha completa para todo tipo de necessidade. Mas como saber a certa para o ambiente desejado? Aqui, poderemos saber como escolher a melhor opção.

 

 

Fluxo Luminoso

 

Antes de tudo, deve-se saber que a potência da lâmpada LED não indica a quantidade de brilho que ela vai fornecer, e sim a energia que ela vai consumir. A verdadeira forma de se medir o brilho de uma lâmpada LED é pelo lúmen (lm). Quanto mais lúmens a lâmpada apresentar, mais brilho terá o ambiente.

 

 

Watts

 

Agora que você sabe sobre os Lúmens, pode escolher a capacidade luminosa para o ambiente desejado. Para quem está trocando as lâmpadas, é bom saber que 5 Watts de LED ANG corresponde a aproximadamente 40 Watts de uma incandescente e 10 Watts de uma fluorescente. Então, baseie-se de acordo com a quantidade e iluminação desejada para o lugar onde a lâmpada será usada. Este cálculo muda dependendo dos fabricantes, não deixando de observar os lúmens, como explicado no tópico anterior.

 

 

Temperatura da Lâmpada

 

Agora, está na hora de decidir a temperatura a ser escolhida. A temperatura da lâmpada é a aparência cromática da luz emitida por determinada fonte luminosa. Quanto mais alta a temperatura de cor, mais branca é a tonalidade de luz emitida.  Dá pra escolher qual tipo usar, sabendo o tipo de lugar onde serão instaladas. Veja abaixo:

 

3000k: Lâmpadas Quentes – São as amarelas (conforme ao ambiente – ideal para dormitórios);

4000k: Lâmpadas Intermediárias – São as naturais ou neutras (ideal para salões de beleza, pois não interfere para coloração dos objetivos);

6500k: Lâmpadas Frias – São as de branco intenso ou quase azulado (ideal para escritórios e salas de aula).

 

 

Conectores

 

O próximo passo, é saber qual o tipo de conector você tem no local onde será instalada a lâmpada. Cada modelo de lâmpada LED vem um tipo específico de conector ou bocal. Se você já tem os lustres ou spots instalados, pode escolher modelos de lâmpadas que já vêm com esta mesma entrada, ou então, pode-se encontrar os conectores separadamente em lojas de materiais elétricos e/ou de construção.

Abaixo, estão os tipos de conectores para lâmpadas:

 

E27: Modelo básico, maioria dos lustres, plafons e pendentes;                

GU10: Modelo dicroica, maioria para spots;

G9: Modelo halógena, maioria para lustres;

G4: Modelo 12 volts;

E14: Modelo mais fino da E27, para castiçais e lustres mais novos (vela);

G13: Modelo tubular.

 

 

Modelo

 

Depois de saber o tipo de conector ou entrada que será usado, pode partir para a última parte do processo, que é escolher o modelo da LED a ser usado. Para isso, você pode levar em consideração onde a lâmpada será instalada. Dependendo do lugar, há certos modelos específicos, como para lustres, espelhos de camarim, etc. Outros, são apenas um tipo de lâmpada a ser usada, como a GU13, que são tubulares.

 

Agora que você já sabe mais sobre as lâmpadas LED, aproveite para adquirir a sua com o Grupo ANG. Temos os mais variados modelos para todos os tipos de ambientes e necessidades.

Se ainda sobrou alguma dúvida, dê uma olhada na aba “Produtos”. Lá, pode-se encontrar todas as especificações de cada um dos modelos de LED disponíveis pela ANG.

 

 

 

O que achou do nosso primeiro post no BLOG? Queremos saber mais sobre sua opinião!

Dúvidas, sugestões, críticas e elogios, envie para ‘atendimento@grupoang.com.br

________________________________

 

 

 

 

 


Cerâmica X Porcelanato: Qual a diferença?

05/03/2018

 

 

 

É muito fácil confundir o piso porcelanato com o cerâmico. São parecidos, principalmente porque dependendo do modelo, há relevos e cores que os mascaram. Mas aqui, poderemos sanar esta dúvida que a maioria tem.

 

 

Qual é a diferença entre os pisos cerâmicos e o porcelanato da ANG?

 

Os pisos com revestimento cerâmico são feitos da argila principalmente e são submetidos a uma temperatura de até 540°C. Já o porcelanato, envolve a porcelana, argila, areia, entre outras substâncias, sendo submetido a 1200°C. Inclusive, a temperatura alta é que faz com que o porcelanato tenha aparência vitrificada, proporcionando uma menor absorção de água, diferentemente da cerâmica, que “puxa” mais a água.

A resistência do porcelanato é superior à da cerâmica, justamente por causa do processo de fabricação, como já explicamos no tópico anterior. Isso afeta a durabilidade do produto ao longo dos anos. Por isso, é recomendado que coloque em ambientes com pouca circulação de pessoas.

Já o porcelanato pode ser colocado em todos os ambientes, pois é resistente, sendo que deve-se apenas escolher o modelo, de acordo com cada um. Este piso pode ser usado com junta seca, enquanto o assentamento da cerâmica só é feito com rejunte convencional.

 

 

Quem ganha essa batalha?

 

A conclusão é que tudo depende de gosto e predisposição de quem irá escolher o produto. Muitos ainda preferem a cerâmica, pois pode ter um acabamento mais rústico e artesanal. Mas há aqueles que preferem a durabilidade e tecnologia do porcelanato, reconhecendo seu custo benefício.

Vale ressaltar que há diversos modelos de pisos feitos de cerâmica e também vários modelos de porcelanato. Há também a questão de onde ele é fabricado e também a qualidade de cada um, sendo que o mais importante é o cuidado com que estes produtos são tratados (limpeza, aplicação, exposição ao sol e à chuva, etc.).

 

 

Porcelanatos ANG

 

O Grupo ANG tem um espaço especializado em porcelanatos na aba “Produtos”. Lá, pode-se saber muito mais sobre cada modelo de piso, tendo em vista em qual ambiente será colocado. Mas se ainda restar qualquer dúvida, entre em contato conosco. Teremos o prazer de lhe atender e tirar todas as dúvidas possíveis.

 

 

O que achou deste post? Queremos saber mais sobre sua opinião!

Dúvidas, sugestões, críticas e elogios, envie para ‘atendimento@grupoang.com.br  

________________________________

 

 

 

 

 

 


  Próximo